terça-feira, 6 de outubro de 2009

Iniciando os trabalhos

Juro que estava com saudades de escrever. Nossa, muita, muita mesmo! Só de digitar estas primeiras palavra do lufecap me sinto como se estivesse reencontrando um amigo que não via há tempos, ou alguns meses para ser mais preciso. Engraçado como escrever liberta a gente, né?

ANTES

Bom, mas vamos lá. Primeiro, explicando alguns motivos do insucesso do Blog Sem Fronteiras na Web, aventura bloguística que participei de, hmm, julho de 2008 até o começo deste ano. Sem citar nomes - me reservo este direito -, digo na lata: ODEIO falsidade. Na verdade, odeio³. Costumo falar com alguns colegas de profissão (tá, estágio), que podem me taxar de muita coisa, mas ninguém pode falar que sou falso. Porque realmente não sou e tenho repulsa por quem seja comigo. Sou extremamente sincero e convicto em meus posicionamentos, idéias (porque idéia sem o "é" não vale) e ideais. Agora, vê lá se eu do alto da minha idade (ok, só 19 anos), vou tolerar falta de sinceridade e respeito em ambiente de trabalho? Sem chance! Ah, e pior ainda, a mentira. Ô palavrinha que arruina tudo, né? Infelizmente, eu passei por situações assim na última aventura bloguística.

O AGORA E O FUTURO

Mas, como diz o velho ditado, "o castigo vem a cavalo", oops, quer dizer, "nada como um dia após o outro". E pensando na profundidade desses ditados, resolvi começar um novo blog, escrito apenas por mim, sem problemas, sem neuras (embora sejamos nosso maior inimigo). Aí, veio aquela, né? Um nome para o blog...
Depois de um considerável tempo fazendo meus neurônios se degladiarem, resolvi por um nome simples, que de uma forma ou de outra me acompanha há certo tempo - lufecap. "Mas puutz" - pensa você - "que diabos é isso? A sigla na verdade é apenas uma brincadeira com (parte) do meu nome: Lucas - lu -; Fernando - fe -; Catta Prêta - cap . Você insiste:  "Parece nome de remédio". E não é que parece mesmo? Você poderia muito bem chegar na farmácia e falar: "Ei, me vê um lufecap, em comprimidos."
Bem, já que é assim, boa idéia! Que tal consumir um pouco de lufecap, em doses moderadas, cotidianas?  É sem contra-indicação, ok? Nem vem, porque tarja laranja não vicia, pelo contrário, faz é bem. O principal ingrediente do lufecap é o grande mix, a pluralidade de assuntos que vão fazer parte deste composto. Tipo Centrum, de A a Zinco, sabe? Pois é. O mais importante, será ouvir as opiniões e colaborações. Por que, né? As doses prometem ser boas, mas quem usa, tem que fazer sua parte também!  



lufecap, lufecap, lufecap. Tão simples de decorar, né? Então, acredita que até no Twitter e no Jaiku é isso? Vai lá e dá um follow!

5 fala comigo!:

Wander Veroni disse...

Oi, Catta Preta!

Que bom que vc voltou à blogosfera, meu amigo. E o melhor ainda: com um projeto solo e cheio de ideias. Desejo toda sorte do mundo e conte comigo no que precisar. Vou colocar o link do seu blog lá no Café com Notícias, ok.

Abraço,

http://cafecomnoticias.blogspot.com

Junior Silva disse...

Olá Lucas

Legal que você está voltando, vou logo já te seguir aqui e no twitter.
Abraços e boa sorte nesse novo projeto!

www.caixadojunior.com

LRNJ MNSN disse...

Olha, sinceramente. Eu tenho um trabalho do cão pra fazer um leiaute bonito e você me caga ele só por um punhado de doláres a mais. Não acho digno.

Tira pelo menos o do header. Senão eu tiro! hahhaa

E oi? verificação de palavras é tããão last century, beyjos.

Lucas Catta Prêta disse...

Fala, Wander! Pois é, estamos aqui, né? Tô bem animado e vamos que vamos! Valeu pela ajuda de sempre, hein?

Júnior, também gostei de ter voltado. Um novo blog dá sempre um gás, novo? Valeu pela presença e conto com você sempre aqui!

Laranja, falamos sobre isso hoje, né? hahahaha

Kátia Brito disse...

Olha LUFECAP que chique and elegante! ficou lindo o layout (Laranja, parábens!) e já gostei das boas vindas!
Aproveite o seu espaço para exercitar a escrita, expor seus pensamentos e trocar idéias!
Vou te acompanhar, gosto muito do que vc escreve!
Deus te abençoe!
:)

Postar um comentário | Feed



 
^